skip to Main Content
Parlamentares Manifestam Apoio Ao Cooperativismo

Parlamentares manifestam apoio ao cooperativismo

Com a presença de mais de 80 pessoas, a Assembleia Legislativa do Estado presenciou no café dessa manhã o início de uma discussão que pode mudar os caminhos do cooperativismo no Rio Grande do Sul e no Brasil. Entre os presentes, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul – ALRS, Luis Augusto Lara, o senador Luiz Heinze, o presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo do RS – Frencoop/RS, Elton Weber, o superintendente da Organização das Cooperativas do Brasil – OCB, Renato Nobile, o superintendente do Sistema Ocepar, Leonardo Boesch  e o presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Vergilio Perius.

Em seu discurso, o presidente da ALRS exaltou o cooperativismo e disse que o sentimento de pertencimento pode ser a salvação da sociedade. O senador Heinze ressaltou a importância do Sistema S não apenas para o cooperativismo e colocou o empenho e o trabalho do Senado no compromisso com a defesa desses temas. Ao anunciar o reativamento das Frencoops, Weber lembrou da importância dos recursos na formação profissional: “Temos inclusive cooperativas escolares apoiadas por esses recursos. Se não tivermos esses recursos, com certeza vai faltar essa formação, o conhecimento e a cidadania”, afirmou.

O superintendente da OCB, Renato Nobile, falou sobre a importância da valorização do sistema, a origem do Sescoop e seus objetivos, que vieram como uma resposta no processo de gestão, governança e desenvolvimento das cooperativas. Também discursaram o deputado federal Alceu Moreira, que trouxe a importância de aprofundar a discussão da importância de cada S do Sistema S e o superintendente da Organização das Cooperativas do Paraná – Ocepar, Leonardo Boesch, que apresentou evidências do crescimento das cooperativas paranaenses nos últimos anos.

O presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS apresentou dados do cooperativismo e reforçou a necessidade de comprometimento dos parlamentares gaúchos. “Precisamos fazer um pacto muito forte com o parlamento gaúcho: união, força, determinação e luta pela manutenção do Sistema S”, afirmou. Segundo o dirigente, o Sescoop/RS realizou em 2018 ações de formação e capacitação profissional que beneficiaram mais de 38 mil pessoas, além de programas de promoção social, como o Aprendiz Cooperativo do Campo, que formou 17 mil jovens nos últimos dez anos, e o Dia de Cooperar (Dia C), que mobilizou 30 mil voluntários e 800 projetos desenvolvidos por cooperativas no Rio Grande do Sul, que beneficiaram mais de 770 mil pessoas no RS nos últimos quatro anos. Perius também ressaltou que no Rio Grande do Sul, 76% dos recursos do Sescoop/RS são destinados para atividades-fim.

No âmbito da educação e capacitação profissional, o dirigente destacou o papel da Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo – Escoop no atendimento às necessidades das cooperativas, com a formação de 4.728 pessoas nos últimos seis anos.

Estiveram também presentes os diretores da Ocergs Irno Pretto, Margaret Garcia da Cunha, Iloir de Pauli, Valdir Feller, os superintendentes do Sistema Ocergs-Sescoop/RS Gerson Lauermann e Norberto Tomasini e os gerentes Mário De Conto e José Máximo Daronco.

O café da manhã foi um balizador da importância da manutenção dos recursos no Sistema S e reforçou a importância do envolvimento da comunidade e dos parlamentares no apoio ao Sescoop. Compreender o impacto positivo do cooperativismo em nossa sociedade é um dos principais indicadores que evidenciam a necessidade da manutenção dos recursos no Sistema S do Cooperativismo.

Crédito da foto: Leonardo Machado

Fonte: Assessoria de Imprensa da Ocergs/RS