skip to Main Content
Cotrirosa – Medição Do PH Da Urina Maio 2021
Cotrirosa – Medição Do PH Da Urina Maio 2021
Familia De Airton E Carla Sost – Bom Principio Baixo Santo Cristo – Cotrirosa
Cotrirosa – Medição Do PH Da Urina Maio 2021 Familia De Airton E Carla Sost – Bom Principio Baixo Santo Cristo – Cotrirosa

Setor leiteiro da Cotrirosa realiza manejo pré-parto nas propriedades

Um dos trabalhos realizados pelo setor leiteiro da Cotrirosa nas propriedades em parceria com a Agrifirm, é o monitoramento das vacas no período de pré-parto.
É no período pré-parto, entre 21 e 25 dias antes de parir, que as vacas leiteiras passam por alterações metabólicas e fisiológicas em preparação para o parto e a futura lactação. Entre as medidas de avaliação da dieta pré-parto está a medição do pH de urina das vacas. Segundo o Técnico em Agropecuária do setor leiteiro da Cotrirosa, Rodrigo Tognon, “esse exame é preventivo e aponta qual a efetividade do manejo e da dieta para o animal, que pode ser corrigida evitando problemas de pós-parto com o objetivo de que a vaca atinja seu pico máximo de produção, sendo que o pH ideal é de 5,5 a 6,5”.

Na propriedade de Airton e Carla Sost, localizada em Bom Princípio Baixo, município de Santo Cristo, o trabalho na atividade leiteira é a principal renda da família: o avô, o casal, dois filhos e mais dois funcionários. “Temos 99 vacas em lactação com produção de 2.800 litros/dia. No momento temos cinco animais no período pré-parto. Realizamos esta avaliação de pH de urina para podermos ter certeza que o manejo e a dieta estão corretos, pois queremos sempre um plantel sadio”, comenta Airton, que destaca também que seus filhos pretendem dar continuidade na propriedade. Alisson, o filho mais velho do casal, com 14 anos, é aluno do programa Aprendiz Cooperativo do Campo, realizado em parceria da Cotrirosa com a Cooperconcórdia e o Sistema Ocergs/Sescoop-RS.
Segundo a Zootecnista da Agrifirm, Cristieli Klein, a dieta pré-parto previne a hipocalcemia, o edema de úbere e a retenção de placenta. “Um manejo ideal para o período pré-parto além da dieta deve-se restringir o consumo de alimentos ricos em potássio e sódio, como pastagens, fenos novos e suplementos minerais destinados a vacas em lactação”, afirma Cristieli.

Conforme o Médico Veterinário da Agrifirm, Diego Corazza, “a dieta ideal de pré-parto é composta por silagem de milho, de 15 a 18 kg por animal ao dia; feno mais fibroso, como palha de trigo por exemplo; uma ração pré-parto com sal aniônico, PP 100 ou PP 80; milho moído e farelo de soja”.