skip to Main Content
Culturas De Inverno Apresentam Bom Potencial Produtivo No Rio Grande Do Sul

Culturas de inverno apresentam bom potencial produtivo no Rio Grande do Sul

Se o clima colaborar até o final do mês, a safra de inverno do Rio Grande do Sul deve se consolidar positivamente para os produtores. A avaliação é do presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), Paulo Pires. O dirigente lembra também que o mês de outubro será decisivo para a cultura do trigo, que vem em uma expectativa de recorde de produção.
Conforme o presidente da FecoAgro/RS, a cultura atingiu a maior área em anos. “A safra teve a maior área desde 1980 e agora temos um bom potencial produtivo. E com esse bom potencial produtivo temos chance de, se tudo correr bem, ter a maior colheita da história, é isso que o momento está nos sinalizando”, afirma, lembrando que o período de colheita começa no próximo mês em regiões mais quentes do Estado como São Borja, São Luiz Gonzaga e Santa Rosa e que estas apresentam um excelente potencial produtivo.
Na cultura da Canola, Pires também ressalta que as primeiras lavouras apresentam um bom potencial produtivo. “Nas regiões mais quentes a cultura da Canola esse ano ocupou uma área expressiva no Rio Grande do Sul e já começam a ser dessecadas. A região das Missões já colheu as primeiras cargas, apresentando um bom potencial produtivo. Tem alguns lugares pontuais onde a geada fez estragos, mas a cultura está remetendo o produtor a uma renda razoável, uma renda boa, e vem como uma excelente opção”, destaca.
Foto: Divulgação
Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective